31 de mai de 2014

Niko - Dia 27 - Morte

Andava pela rua
Seguia meu caminho
Uma dama passou por mim
Em um vestido vermelho sangue
E me puxou.

Um beijo frio com gosto de veneno
Um beijo lascivo e destruidor.
Um beijo sugador de vida.
Um beijo para eliminar meus medos, sonhos.

Seu toque frio
Aos poucos sugava minha alma
Acabando com minhas esperanças
E minhas vontades.

Eu não sabia
Mas aquela dama tão nova e tão velha
Era a Morte
E aquela dentre tantas
Foi a maneira que escolhera me matar
Para morrer num belo momento
Num beijo, simples e assassino.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores