8 de mai de 2014

Niko - Dia 8 - Cegueira



Já pensaste o quanto o mundo é diferente para as pessoas?
Como eu encaro as coisas
São diferentes de como tu encaras.
A forma como sinto ou vejo as coisas é de um jeito
O teu jeito é outro.

E assim, já pensastes no mundo para quem não enxerga?
Nas barreiras que a sociedade levantou para eles
Às vezes na tentativa de protegê-los?
Em todas as dificuldades de quem nunca viu as cores?

Tu perguntas:
-O que tem de demais nas cores?
Simples, tente imaginar o mundo sem uma cor
E sendo assim, sem seus derivados.
Gostou? Acho que não.
E para quem nunca os viu,
Como é viver na escuridão?

Uma escuridão que não se resolve ascendendo a luz.
Uma escuridão que não se resolve abrindo os olhos.
Imagine abrir os olhos e ver nada.
Imagine andar assim,
Difícil, não é?

Mas na defasagem da visão,
Aprender a prestar atenção nos sons
Nesses que ignoramos a maioria.
Perceber que tem alguém perto pelo som da respiração.
Mas ainda assim, não ver as cores.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores