17 de fev de 2014

Eu quero amar
Contudo não tenho quem amar
Nem mesmo o sei fazer.
Entretanto eu queria tanto amar.

Quisera eu ser feita para amar
Para poder entregar-me de corpo e alma
Mas como posso se não sei amar?

Os antigos escritores falaram de um sentimento
Puro... Inocente...
Procuro por isso nos tempos de hoje
Mal encontro.

Cupido, ensine-me a amar verdadeiramente
Com o coração e a alma.
Ensine-me a merecer ser amada
Ensine-me a estar pronta para um sentimento tão puro.

Quero encontrar alguém que saiba amar
Daquele modo romântico e sincero
Para te mostrar que ainda não estamos perdidos
Que ainda podemos amar
Da maneira mais bela possível
De modo desinteressado e real.



Niko

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores