31 de jan de 2011

Minha realidade

Finjo para não preocupar,
Finjo para acreditar em mim mesma,
Finjo para enganar um mundo que não gosta de mim.

Tento respirar,
Tento sobreviver,
Tento, pelo menos, estar feliz.

Não consigo entender a vida,
Não consigo me sentir feliz,
Não consigo suportar tanta dor.

Na tentativa mais inútel
Eu preocupo,
Não me engano,
Não o engano.

Mal respiro,
Sobrevivo cambaleando entre versos e estrofes,
Assim é díficil me sentir feliz.


Niko

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores