26 de ago de 2012


Meus olhos ligeiros procuram-te
Mesmo sabendo que não te verei.
Meus olhos alarmam-se com qualquer vulto
Mesmo sabendo que tu não estás aqui.

Apesar de saber que tu não estás aqui
Ainda quero te encontrar,
Ainda quero te abraçar,
Ainda quero te tocar e saber como estás.

Aproximo-me de onde pode estar
(Sei que não estás)
E me decepciono, tu realmente fostes.
Eu queria que tu estivesses aqui.

Tu estás longe
E levastes meu coração,
Tu estás longe
Junto com minha mente.

Enquanto estás longe,
Não durmo só.
A lua é meu cobertor nestas noites frias
E ainda declama tua alma ao meu ouvido.
Assim espero teu regresso.


Niko

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores