5 de mai de 2012

Fecho os olhos tentando fugir da realidade
Mas de nada adianta
Tu invades minha mente
Sem o menor pudor.

Tento fingir que tu não és muito para mim
Mas quando chegas perto
Meu corpo não me obedece
E meus olhos prendem-se em ti.

Quando durmo,
Inevitavelmente, tu estás lá
Seja me provocando
Seja me beijando.

Não adianta tentar fugir de ti
Onde eu for tu vais comigo
Porque apesar de tudo que me fazes
Eu te amo.



Niko

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores