6 de jul de 2011

Neste mundo de mortais
Eu sou um zumbi.
Sem sinal de vida,
Vivo uma rotina sem gosto.

Caminho passos forçados.
Ando em uma estrada que não me pertence,
Vivo uma vida que não quero para mim.

Nas sombras escuras da vida
Vago sem saber para onde ir.
Não carrego nada comigo,
Apenas um lápis e um caderno
Para tentar escrever versos de dores intermináveis.


Niko

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores