1 de dez de 2010

Vida


Nesta pista com nome de Vida
Estou indo,
Enquanto os outros voltam.

Por andarmos em pistas opostas
Não nos falamos,
Pois não podemos parar
Temos de ir em frente.
Não podemos dar ré,
Se não acertamos outros
E atrapalharemos a Vida de alguém.

Vida,
Uma pista tão longa,
Nunca chegaremos ao final dela,
Nem partimos do início.
Não podemos fazer uma viagem monótona,
Tão pouco um passeio.
Temos de fazer uma viagem perfeita,
Guardando lembranças de cada momento.

Niko

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores