1 de mar de 2014

Dói tanto saber que a humanidade não está pronta para nós
Que desprezam tanto algo diferente.
Diferente do que eles aprenderam
O que não nos torna errado.
Não escolhemos ser assim
Não estamos indo contra a natureza
Não somos corrompidos pelo mundo
Não estamos confusos
Não é uma fase.
Você, hétero que está lendo,
Teve um dia que se perguntou do que gostava?
Nós também não.
Apenas um dia nos vimos
Nessa condição.
Engraçado que acreditem que queremos ser minoria
Que queremos sofrer preconceito.
Eu não escolhi sofrer descriminação dentro de casa,
Não escolhi esconder uma verdade minha
Não escolhi ter que fingir algo que não sou
Apenas para meus pais não me rejeitarem.
Não escolhemos quem amar
Só queremos amar,
Sem sermos apontados por andar de mãos dadas,
Sem sofrermos agressões,
Sem sermos xingados por amar.
Sabem o quão doloroso é fazer parte de uma realidade assim?
Onde seus pais não te aceitam?
Onde podemos sofrer agressões dentro de casa
Pela família, físicas ou verbais
Apenas porque amamos?
Amar, só queria amar livremente
Apresentar uma namorada para a família,
Mas nem sei se será possível.
Por que não podemos amar?
É tudo que queremos, liberdade para amar.



Niko

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores