24 de dez de 2013

Entre um gole e outro eu penso em ti

Entre um gole e outro eu penso em ti.
O que estarás fazendo
Qualquer coisa.
Menos lembrando da minha pobre existência.



Estarás a arrumar tua maquiagem
Ou quem sabe a tua roupa.
Pensar em mim?
Não, impossível.


Mesmo que eu ainda pense em ti
Tu não pensas em mim.
Por isso penso nela
Mesmo que ela também não pense em mim.


A noite cai e infelizmente ainda penso em vós.
Contudo, não estais pensando em mim
Nem sequer lembrais que existo,
Talvez eu esteja exagerando.


Eu me sinto tao mal
Porque entreguei minha alma a uma devoradora de sonhos
E agora quero entregar meu coração a alguém que o recusa.


Escureceu…
Fecharei os meus olhos e dormirei.
Porque pelo menos nos meus sonhos alguma das duas me quer.



Niko

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores