4 de nov de 2010

O mundo sem infância



Há crianças morrendo de fome,
Há crianças sem infância,
Para algumas crianças vida ou morte
É quase a mesma coisa.

Nesta vida sem vida,
Nesta morte em vida.
Querem mais,
Querem o direito de viver,
Querem uma vida digna.

Crianças sonhadoras morrem por desnutrição,
Crianças esperançosas morrem por doenças.
Há crianças morrendo de fome,
Mas ninguém vê.
Há crianças sem infância,
Mas ninguém se importa.
Ninguém vê as crianças morrendo
Por querer esconder uma vergonha mundial.

Niko

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores